noticias Seja bem vindo ao nosso site Rádio Zona Sul!

Cidade

Trabalho operacional da Emlur diminui transtornos das chuvas com desobstrução de canais bocas de lobo

Publicada em 01/08/2022 às 22:53h - 25 visualizações

por


Compartilhe
Compartilhar a notícia Trabalho operacional da Emlur diminui transtornos das chuvas com desobstrução de canais bocas de lobo  Compartilhar a notícia Trabalho operacional da Emlur diminui transtornos das chuvas com desobstrução de canais bocas de lobo  Compartilhar a notícia Trabalho operacional da Emlur diminui transtornos das chuvas com desobstrução de canais bocas de lobo

Link da Notícia:
ONG SOS Rio Cuiá
Sistema 1001 Notícias

Trabalho operacional da Emlur diminui transtornos das chuvas com desobstrução de canais bocas de lobo

Desde abril, a Autarquia Especial Municipal de Limpeza Urbana (Emlur) vem realizando um trabalho para minimizar os transtornos das chuvas, em parceria com a Coordenadoria Municipal de Proteção e Defesa Civil (Compdec-JP) e outros órgãos e secretarias da Prefeitura de João Pessoa. A partir das ações de planejamento e operacionais, a Emlur contribui para a melhoria do sistema de drenagem de águas pluviais, evitando que áreas da cidade sejam afetadas por inundações, alagamentos e deslizamentos de terra.Conforme o diretor de Operações da Emlur, José Dantas, foi realizada a identificação e o mapeamento das áreas suscetíveis à inundação, alagamentos e deslizamentos. O estudo indicou 106 pontos de alagamentos, 15 pontos de inundação e 64 áreas de deslizamento e inundação.

A Emlur identificou que os causadores dos transtornos são obstrução e entupimentos de galerias e boca de lobo, em razão do descarte irregular de resíduos e aumento da produção de sedimentos; falta de grade para evitar que o lixo adentre às galerias de águas pluviais; subdimensionamento das galerias e rede de drenagem; e necessidade de limpeza de rios, calhas e canais.

“Diante desses diagnósticos, foi possível traçar uma malha de limpeza das vias e logradouros da cidade, para evitar os alagamentos provocados pela obstrução das galerias devido ao lixo descartado irregularmente”, explica José Dantas.

Resíduos irregulares – Os serviços são realizados pela equipe aquática da Emlur. Conforme o monitor, Joseilton da Silva, neste mês, a equipe trabalhou na retirada de resíduos em um córrego que corta o bairro de Cuiá. Foram encontrados materiais como sofás, colchões, armários, restos de máquina de lavar e até televisão.“A quantidade de materiais deu pra encher a caçamba de dois caminhões. Já nos canais do Bessa, encontramos muitas garrafas PET e sacolas de plásticos, entre outros materiais descartáveis. Em cada local há tipos de resíduos diferentes descartados irregularmente”, afirma Joseilton da Silva.

Desde abril, as atividades incluíram:

– Limpeza das calhas de água pluviais do João Agripino (abril);

– Limpeza das calhas de água pluviais do Cabo Branco (abril);

– Limpeza dos canais e entorno do Parque Paraíba I, II, e III; (maio e junho);

– Limpeza da barreira do João Agripino (junho);

– Apoio à ação na comunidade Santa Clara, no Castelo Branco. Houve a retirada de casas que estavam em risco de deslizamento por estarem próximas à barreira do Castelo Branco (junho e julho);

– Limpeza e desobstrução de boca de lobos em diversas ruas (abril a julho)

– Desobstrução dos canais do Bessa (julho);

– Limpeza da barreira do Bessa (julho);

– Limpeza de córrego que corta o bairro de Cuiá (julho).




ATENÇÃO:Os comentários postados abaixo representam a opinião do leitor e não necessariamente do nosso site. Toda responsabilidade das mensagens é do autor da postagem.

Deixe seu comentário!

Nome
Email
Comentário


Insira os caracteres no campo abaixo:








Nosso Whatsapp

 (83) 9 88 41 - 04 64

Visitas: 867244
Usuários Online: 197
Copyright (c) 2022 - Rádio Zona Sul